Lusovini lança novo centro logístico e cave para espumantes

Lusovini lança novo centro logístico e cave para espumantes

O grupo Lusovini vai investir cerca de 4,5 milhões de euros na construção de novo centro logístico para aumentar a capacidade de stock para mil paletes e cave para espumantes e vinhos tranquilos de gama superior, no concelho de Nelas.

Na cerimónia do lançamento da primeira pedra do novo centro logístico, à qual presidiu o secretário de Estado da Agricultura, Luís Vieira, o presidente do grupo Lusovini, Casimiro Gomes, explicou que este investimento cuja obra deverá estar concluída em meados de 2018, surge da necessidade da empresa dispor de uma maior capacidade de resposta em termos logísticos, tendo mais vinho em cave acabado ou semiacabado, faltando apenas a sua rotulagem, o que permitirá dar resposta imediata ao cliente, com eficiência e qualidade.
Nesta cerimónia foi igualmente apresentado o espumante que comemora 30 anos de carreira de Casimiro Gomes - edição limitada de um espumante DOC Dão em garrafas de 1,5 litros - que foi o responsável pelo lançamento do primeiro espumante comercial do Dão. Trata-se do espumante “Pedra Cancela, Espumante Bruto, colheita 2014”, cujas castas que o integram são o encruzado, o cerceal e a uva cão.
O Grupo Lusovini aproveitou, igualmente, esta cerimónia para fazer a apresentação institucional da sua nova designação “Lusovini Vinhos de Portugal”. “Nós somos claramente um projeto de vinhos portugueses e faz todo o sentido adotarmos esta designação, assumindo perante o mercado externo que só estaremos com vinhos portugueses”, apontou Casimiro Gomes.

(In Comunicado à Imprensa)